Pingentes: Cuidados e Polimento

Peças feito de metal de estanho


Lembrando que em nosso site vendemos apenas os pingentes, colocamos alguns colares que vem para nós como brinde, de couro ou de metal com aproximadamente 48 cm de comprimento.


O que é Estanho?
 

O termo estanho significa ao mesmo tempo metálico puro e os produtos feitos da liga deste metal é puro.

O estanho é bastante resistente.

Empregado em forma de bronze desde o III milênio, o estanho já era conhecido como metal no início da nossa era. É o mais fusível dos metais comuns (ponto de fusão: 232º C) e sua densidade é 7,2. A frio, pode tomar outra forma alotrópica, o estanho cinzento, de densidade 5,8. À temperatura ordinária, não é oxidável pelo ar.

A cor natural do estanho é brilhante como a prata, com a vantagem de não exigir a limpeza e polimento constantes desta. Observa-se que a cor escura tradicionalmente associada nada mais é do que o fruto de um processo longo de oxidação, suscetível de ser acelerado mediante tratamento especial para quem preferir o acabamento escuro.

O estanho em si é originário do minério cassiterita, encontrado em leitos de rios e barrancos. Até 1985 São João Del Rei era o centro da mineração de estanho no Brasil. Hoje já existem jazidas grandes no Norte que façam do país o maior produtor no mundo. Os preços de estanho são cotados na Bolsa de Metais de Londres.


Como conservar as peças de estanho?

Se o uso dado à peça for para fins decorativos, como manuseio ocasional, será necessário somente tirar a poeira com uma flanela seca.
Enfatizamos a palavra seca porque caso entre em contato com aguá  poderá com o tempo manchar e perder o brilho. (
Principalmente água de piscina e mar ou ate mesmo a maresia, aconselhamos a não expor com muita frequência).

Podendo ser usado sempre, tomando os devidos cuidados mencionados a cima

Aconselhamos a não deixar seus pingentes em contato com nenhum produto químico, de limpeza e até produtos de higiene pessoal como cremes e perfumes. Isso evitará o escurecimento precoce. Pessoas que eliminam muito ácido úrico pela transpiração ativam a oxidação da prata.
Para que sua peça pareça sempre nova, passe uma flanela e antes de guardar as jóias, guarde-as separadamente.

É Comum que com o tempo a peça perca o brilho, então para que brilhe como novo novamente recomendamos que faça um polimento.


ANÉIS

Alem das dicas acima os anéis feito de estanho que são ajustáveis, recomendamos que ajuste apenas 1 unica vez, no tamanho que dê para colocar e retirar sem precisar estar fazendo ajustes a todo momento, pois pode acabar danificando.


 

Pingentes Folheados

O que pode danificar sua joia banhada a ouro ou prata

Além de processos químicos, o manuseio das peças e sua utilização na praia, na piscina e no banho podem danificar suas joias. E você sabia que até o uso de medicamentos pode escurecer as joias banhadas a ouro?

Cosméticos, perfumes, produtos para os cabelos e de limpeza podem conter agentes corrosivos capazes de destruir a sua peça. E acredite, um dos agentes mais agressivos e responsáveis pelo escurecimento das suas peças banhadas a ouro é o suor, pois ele contém em sua composição química muitos agentes nocivos, tais como ácidos, sulfatos, fosfatos e cloretos.

Cuidados de conservação

Não é necessário banir o uso dos produtos de higiene e limpeza caso queira conservar suas joias banhadas a ouro, bastam apenas alguns cuidados. Por exemplo, aplique cremes, desodorante e perfumes alguns minutos antes de colocar a peça, evitando possíveis reações químicas. Também é importante estar sem as suas joias quando for aplicar a tintura no cabelo.

Outro cuidado importante é sempre retirar suas joias banhadas a ouro quando for realizar alguma atividade que possa provocar a abrasão, a queda ou contato de suas peças com produtos químicos. Evite ainda usá-las na hora do banho pois o sabonete pode deixar a sua peça mais opaca. O mesmo cuidado é indicado para quando você for à praia e à piscina.

Limpeza das joias banhadas a ouro ou prata

Vamos começar por aquilo que você não deve fazer com sua joia banhada a ouro: jamais utilize esponjas para dar brilho em sua joia e nem use acetona, pasta de dente ou álcool para limpar as suas peças. Fervê-las, então, nem pensar! Essas são práticas feitas por muitas pessoas que acreditam ajudar a conservar suas peças, mas na verdade não são muito indicadas.

Evitar as ações acima já é um bom começo, mas mesmo que você siga esses cuidados é normal que com o tempo apareçam manchinhas escuras em suas peças, nesse caso aconselhamos que faça um polimento.